Coreografia do Quotidiano Emocional

Coreografia do Quotidiano Emocional

Um passeio pelas Caxinas e o vento embrulha-se com uma peça de roupa de roupa que teima ser poetisa, talvez por estar diante de um mar radioso e desconhecido.

M.A.

Subscreva: Fábulas

Anúncios
Heliocêntrico (Mão Morta -7 Gumes)

Heliocêntrico (Mão Morta -7 Gumes)

Fábulas

Imagens que agarro quando há uma suspensão do tempo cronológico e a percepção passa para uma realidade paralela. Fragmentos de existência onde uma peça de roupa ao vento consegue ser tão ou mais bela que uma bailarina clássica.

Com este Video queria agraciar a belíssima paranóia dos “Mão Morta”

– Ouviste o que disse o aquecedor?
– Como?
– Repara na luz. Repara como muda de intensidade… Está a dizer qualquer coisa!
– Mas isso é um aquecedor, não fala!!!
– Shut!… Não ouves o murmúrio?… Está a dizer qualquer coisa!
– Mas isso é o barulho da electricidade a passar…
– Shut!… Escuta!…
– Deixa-te de tretas. Vamos embora!
– Não posso.
– Não podes?!?…
– Tenho de ficar ao pé da luz. Está a querer dizer-me qualquer coisa! É importante!…
– Importante?!? Ainda acabas é na Casa Amarela a apanhar choques eléctricos…
– Pois eu acho que há aqui uma entidade qualquer, um ser de outra dimensão, uma energia cósmica, a tentar estabelecer contacto comigo… Repara no cintilar, nas pequeninas explosões de luz… Isto não é electricidade!
– Não!… Isso não é electricidade… São miolos a fritar!
– O quê?
– Disse que tens os miolos a fritar. Deve ser do calor…
– Por acaso estou cheio de frio!… Não queres ligar o aquecedor?
– Mas tens o aquecedor no máximo! Nem sei como não te queimas, aí tão perto…
– Shut!… Escuta!…
– Bom, vou-me embora! Depois conta-me o que te disse o ET…

Subscreva no Facebook: Fábulas  e Esquiziofrenia das Artes

Luiz Pacheco 

Luiz Pacheco 

“Ora deixem-me que lhes diga: um cadáver não nunca tem terá razão, mesmo que a tivesse tido antes. Um estúpido um cobardola é para rir e chorar, porque a estupidez e o medo não têm medida. Um patareco dá-se-lhe um pontapé no cu, um parasita esborracha-se por nojo e a um folião fazemos notar que não lhe achamos graça nenhuma. E fugi dos frustados e falhados que é a malta mais tratante e castradora que existe. Mas um bebé! uma rapariga com um filho ao colo! os bambinos em volta! são os bichos mais exigentes e precisados de tudo. E há que lhes dar tudo. Eis, senhores, porque saúdo a manhã e faço gosto em a ver inda uma vez, eis porque a pardalada me incita. (…) Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sereis, se as praticardes.” Luiz Pacheco A COMUNIDADE

Grande Plano 

Grande Plano 

 

Greta Garbo

 

 

A maravilha das maravilhas era o grande plano. Não mudei de opinião. Sobretudo, os grandes planos de mulheres. Alguns grandes planos de Lilian Gish, outros de Mary Pickford, mais tarde de Greta Garbo, ficaram-me sempre na memória. A ampliação permite saborear o grão da pele. (…) O meu gozo com os grandes planos é tão grande que já me aconteceu meter nos meus filmes sequências perfeitamente inúteis para a acção, só porque me dão a possibilidade dum belo grande plano.
Jean Renoir (1894-1979)

A Bela da Tarde (Belle de Jour) – Luis Buñuel Legendado Online (S/publicidade)

A Bela da Tarde (Belle de Jour) – Luis Buñuel Legendado Online (S/publicidade)

 

 

A Bela da Tarde (Belle de Jour) – Luis Buñuel Legendado Online Português

Direção: Luis Buñuel
Ano: 1967
País: França
Qualidade até 720p

Séverine (Catherine Deneuve) é uma bela e jovem burguesa frustrada com a vida que tem. Enquanto o marido (Jean Sorel) trabalha o dia inteiro como médico,  Séverine resolve trabalhar num discreto bordel durante a tarde na tentativa de fugir da sua vida entediante e de aparências.

Inspirado pelas teorias de Freud,a obra prima de Buñuel está carregado de erotismo analisando a psique de uma sexualidade feminina dentro de uma sociedade falocentrica e repressiva.
Filme Aqui – Parte 1
Filme Aqui – Parte 2
A partir de agora para poder assitir aos vídeos, será necessário criar uma conta no VK. É muito simples fazer isso: Acesse www.vk.com e clique em registrar na parte superior, daí é só seguir o passo a passo que rapidamente você conseguirá voltar a ter acesso a todo o conteúdo do blog!
Para novidades acesse o facebook : Esquizofrenia das Artes

A Bela da Tarde (Belle de Jour) – Luis Buñuel Legendado Online Português